Notícias

Homem é condenado a 34 anos de prisão por estuprar e assassinar idosa em Colônia Leopoldina

Postado em 08 de Novembro de 2018

O Tribunal do Júri condenou um homem a 34 anos, sete meses e 15 dias de prisão por estuprar e matar uma idosa de 72 anos em Colônia Leopoldina, região Norte de Alagoas. O crime aconteceu em dezembro de 2012. Cabe recurso da decisão. 

O julgamento aconteceu na terça-feira (6) na Comarca do município e foi conduzido pela juíza Lígia Seabra.

De acordo com a acusação, Wellington Francisco de Souza foi até a casa de Júlia Maria da Conceição, 72, e, ao perceber que eles estavam sozinhos no local, estuprou e sufocou a idosa dentro do quarto. Além disso, ele atingiu a vítima com um objeto na parte de trás da cabeça, para garantir que ela morresse.

Ainda segundo a denúncia, a filha da vítima chegou e se deparou com o acusado dentro de sua casa. Após ser ameaçada por ele, ela chamou o irmão, que arrombou a porta, o rendeu e o colocou para fora de casa. Ao procurarem a vítima, ela já estava morta. Segundo o Tribunal de Justiça de Alagoas (TJ-AL), Wellington estava foragido e foi preso em outubro de 2014. Ele não poderá recorrer da decisão em liberdade.

“Como o tempo que o réu ficou preso preventivamente foi insuficiente para fins de progressão de regime de pena, entendo que a adequada detração deve ser feita pelo juízo da execução da pena, por ser o momento processual mais adequado para sua aferição. Não é possível a aplicação de pena substitutiva, à vista da quantidade aplicada, que supera em muito o teto de quatro anos previsto pelo artigo 44, inciso I do Código Penal”, explicou Seabra.

 

Fonte: G1 Alagoas

ENDEREÇO
RUA JOSÉ LOURENÇO RODRIGUES
Nº 24”A” 1º ANDAR - CATENDE - PE
CEP 55.400-000
FAROLFM 90,7 © Copyright 2018
© 2018 Farol FM 90.7. Todos os direitos reservados