Publicado em 09 de Agosto de 2016

Cai nº de fumantes acima de 18 anos no 1º semestre de 2016, aponta Sesau

Comparado ao mesmo período de 2015, índice foi de 7,2% para 7%. Núcleos de Atendimento ao Fumante ajudam quem quer se livrar do vício.

G1

O número de fumantes entre pessoas acima de 18 anos caiu em Alagoas nos primeiros meses de 2016, em comparação ao mesmo período do ano passado.


De acordo com dados do Programa de Combate ao Tabagismo, divulgados pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) no domingo (7), o índice reduziu de 7,2% para 7%.


Segundo a Sesau, no estado, ações de prevenção e conscientização contra o tabagismo vêm sendo implantadas desde 1988. A partir de 2005, as atividades foram intensificadas e palestras começaram a ser realizadas em empresas, escolas, indústrias e outros locais, para alertar à população sobre os malefícios do fumo.


De acordo com a coordenadora do Programa Estadual de Combate ao Fumo, Vetrúcia Teixeira, apesar do resultado positivo, é necessário que se intensifique a conscientização.


“O Programa Estadual de Combate ao Tabagismo tem desenvolvido várias ações no estado, tanto nos municípios, como nas escolas, empresas e outros segmentos, alertando e mostrando que fumar é um hábito que deve ser abolido pelo mal que causa à saúde”, afirma Vetrúcia.


Em Alagoas existem “Núcleos de Atendimento ao Fumante”, que contam com equipes multiprofissionais, responsáveis por ajudar as pessoas que querem se livrar do vício. Em Maceió, quem precisar de ajuda pode procurar o núcleo que funciona no II Centro de Saúde, na praça da Maravilha, e no Hospital Universitário, na parte alta da capital.


Núcleos também estão instalados nos municípios de ArapiracaPalmeira dos ÍndiosJunqueiro,MessiasTeotônio VilelaIgreja NovaIbateguaraQuebranguloPilarPiaçabuçu e Palestina.